Dimensão Profissional

Me chamo Diogo Lopes, sou sócio da empresa familiar Loopes desde 2005. Estive na Incubadora Prospecta da UNESP – Universidade Estadual de São Paulo por seis anos (2007 até 2013) graduando duas empresas de inovação.

Sou membro fundador da Associação Parque Tecnológico de Botucatu cooperando com o processo de construção do Parque durante o período de incubação de nossa empresa.

Sou um dos Co Fundadores da plataforma Gondola Segura, ideada em 2010 que tem o propósito de promover impacto sócio ambiental em cadeias produtivas agrícolas orgânicas.

A empresa recebeu aporte da FINEP – Financiadora de Estudos e Projetos através de um edital do Ministério da Ciência e Tecnologia em 2009 e foi vendida para investidores em 2012.

Desde de lá tenho o papel de Tech Lead na Gondola Segura e Product Manager na BRFLOR.

O objetivo da Gondola Segura tem sido promover a estruturação de processos de gestão através de um ERP. Como resultado queremos que aumentar a oferta de alimentação orgânica. A BRFLOR é uma empresa de rastreabilidade do setor florestal que utiliza o Gondola Segura como ferramenta white label.

Antes disso iniciei minha vida profissional como Analista Programador na área de tecnologia na Microsiga, atual Totvs em 2003 até 2005.

Após esse período estudei JAVA na CAELUM em 2009 até 2010 onde busquei certificar-me como Analista Programador.

Recentemente realizei o Bootcamp da Rocket Seat em 2019 estudando as trilhas de NodeJs, React e React Native. Também estudo VUEJS. Tenho investigado muito como a cultura de métodos ágies e a gerência de produto juntamente com princípios e práticas devops podem gerar resultados e impactos positivos.

Com esse combo tenho me interessado em aprofundar práticas de Gerência de Produto PROLANCER em Squads que buscam criar inovações digitais de impacto de forma ágil por meio de grupos multidisciplinares e colaborativos de trabalho (Squads).

Dimensão Vocacional

Também tenho realizado há pelo menos dez anos papéis de consultor, mentor, facilitador e prolancer em projetos específicos que me motivam em diversas áreas:

consultor de um programa de conflito entre o Governo Colombiano e as FARC através de um programa das Nações Unidas (ONU) em 2015.

– facilitador de governo municipal do município de Manta no Equador em projeto pós desastre em 2016

– assessor especialista do Ministério Público do Distrito Federal em 2018 em projeto com lares sociais

facilitador sênior do Ministério da Educação em evento com 900 coordenadores pedagógicos em 2018

com Facebook e Artemísia como mentor de um programa de impacto social por dois anos seguidos, 2019 e 2020 com foco em mentorias para startups de impacto sócio ambiental

– participação junto ao Papa Francisco num projeto de transformação da Economia como Facilitador em 2019.

Mentor do Campus Party em 2019 para startups fintechs

Dimensão Pessoal

Na dimensão pessoal dedico-me agora ao estudo da parentalidade positiva, já que tenho a função de Pai de Janaka Rishi e Sitarani.

Isso me levou a fazer psicoanálise para reconectar com minha infância e compreender como transcender limitações e bloqueios cognitivos e emocionais relacionados com a vida familiar.

Sou estudante da bhakti yoga, dedicando-me diariamente aos métodos da prática espiritual compartilhadas por Srila Abhay Charanaravinda Bhaktivedanta Swami Prabhupada.

Em 2015 me iniciei na ordem Gaudiya Vaishinava recebendo o nome espiritual de Premavatar das. Passei três anos como monge estudando sânscrito e a filosofia vedanta viajando a Índia e recebendo iniciação bramínica.

Uma outra dimensão de minha vida pessoal é que tenho me aventurado desde de muito jovem em compor canções e arranjos. Toco instrumentos de cordas, percussão, piano e sopro. Estudei formalmente Guitarra, Flauta e Sax Alto.

Já participei como produtor executivo de produções de álbuns de alguns cantores e cantoras nacionais e internacionais. Sendo por cinco anos nos períodos de férias, responsável por organizar, financiar e apoiar a produção dos trabalhos destes artistas.

Voluntarismo

Na área do voluntarismo desde de cedo senti essa necessidade de oferecer meu tempo de forma desinteressada.

A primeira experiência foi aos dezenove anos na Universidade onde iniciei um projeto social para pessoas carentes oferecendo aulas de Judô. O projeto que iniciou com 24 crianças hoje atende mais de 600. Pratico Judô desde dos 14 anos de idade.

Foi com o Judô que aprendi a respeitar o esforço, a disciplina e o respeito, bem como foi através do esporte que tive a oportunidade por meio de uma bolsa de estudos cursar a Faculdade de Tecnologia em Desenvolvimento de Sistemas na Universidade de Mogi das Cruzes, campos Villa Lobos.

Já com vinte oito anos voltei ao voluntarismo agora na área ambiental. Assumi a representação legal da Associação de Preservação e Recuperação de Mananciais Nascentes localizada no Bairro Demétria de Botucatu/SP.

Estando nesse papel desempenhei diversas funções por quatro anos como:

– conselheiro municipal de defesa do meio ambiente e
– conselheiro municipal de segurança alimentar

Durante esse período realizei diversas ações de Advocacy sendo o Código Municipal Ambiental a legislação mais importante do município aprovada depois de vinte e cinco anos de espera por meio de um trabalho sério e focal por nossa Associação.

Recebi da Câmara Municipal de Vereadores de Botucatu/SP município onde a Associação Nascentes está localizada uma menção de congratulações por um projeto de recuperação de um manancial no ano de 2014.

Entre o período de 2015 até 2019 estive como voluntário de um projeto chamado Universidade de Sabedoria Ancestral localizado na Serra Nevada da Colômbia.

Através desse projeto pude viajar por doze países realizando encontros, conferências e palestras. Durante este processo desenvolvi uma formação de facilitadores de projetos colaborativos.

Nesse movimento conheci minha esposa Laura Rengifo, e criamos a Mentoria Orgânica, um coletivo de facilitadores que tem como objetivo acelerar transformações sócio-ambientais através de interações coletivas e métodos colaborativos.

Juntos treinamos mais de 500 facilitadores em mais de dez países em métodos de governança dinâmica, comunicação assertiva, protagonismo e novas economias.